Sobre

A Estación Sur começou como uma discreta boutique de carnes, especializada em cortes provenientes dos pastos argentinos, mas logo no ano 2000 escolheu o atraente endereço do bairro dos Jardins, para estabelecer seu destacado restaurante – uma casa com arborizado pátio interno, que foi transformado em agradável e iluminado salão ao ar livre (com cobertura removível), onde são servidos os cortes mais tradicionais da churrascaria ao modo argentino. Pronto: estava começando e confirmada uma tendência que viria a atrair dezenas de seguidores do gênero.

As chamadas churrascarias portenhas possuem, além dos cortes e da qualidade da carne diferenciada, e do modo próprio de churrasqueira, uma outra característica que as diferencia: são geralmente dirigidas pelo pequeno grupo familiar, como é o caso da Estación Sur, o que as torna mais aconchegante e menos impessoais.

O jovem Julio Mansilla, ao lado dos demais componentes da família, dirige a casa, que também conta com um autêntico churrasqueiro argentino, um chef de cozinha especialista nos acompanhamentos à moda portenha, e um destacadíssimo sommelier no comando das adegas .
Respaldada por esta equipe, a casa promove jantares especiais, mensalmente, com cardápios gourmets e vinhos variados numa harmonização que fascina os mais diversos paladares. Esses jantares (últimas 4as. e 5as. de cada mês) funcionam mediante reserva para um número limitado de participantes, e contam com uma bodega surpreendente, com rica variedade em tipos e rótulos de vinhos, especialmente na ala dos argentinos, mantendo sempre uma política de preços bem honesta e razoável para seu exclusivo consumidor.

Viva a diferença!

Os cortes mais típicos da arte gastronômica em churrascos estão presentes no cardápio da Estación Sur. A nova filial também seguirá fiel ao padrão que consagrou o primeiro endereço entre o público e a crítica, em mais de dez anos de trabalho. A grelha desenvolvida pelos argentinos, em forma de “v”, com uma canaleta para escoar a gordura, permite que as carnes fiquem bem próximas às brasas. Além disso, o restaurante só trabalha com carnes de primeira, importadas dos melhores produtores argentinos em gado Aberdeen Angus; o pioneiro endereço continua a operar a boutique de carnes, oferecendo cortes in natura para seus clientes, além de alguns acessórios para churrasco.

No cardápio, porções generosas de carnes frescas e tenras como o Bife Ancho, Bife Angosto, Tapa de Cuadril (picanha), Bife del Parrillero (com cebola e tomates) são alguns dos pratos mais pedidos na casa. Outro diferencial neste gênero de restaurante são os acompanhamentos, como Tortilla de Papas (fritada com batatas), Papas soufle e Plomo (batatas na brasa com gorgonzola), ao lado das entradas típicas (o Matambre, as Empanadas e a Provoleta são exemplares) e das sobremesas, bem argentinas, como Panquecas de doce de leite e Vulcano (um petit-gateau de doce de leite).

Para o novo endereço, foi confiado ao arquiteto Delfor Brion o projeto de arquitetura e interiores, quem imprimiu seu marcante estilo pessoal junto com a essência e a alma da gastronomia do país vizinho obtendo harmonioso conjunto. Para isso trouxe peças de Buenos Aires que se integram nos espaços projetados com refinado toque platino. A casa foi harmoniosamente planejada para abrigar um confortável bar, uma adega subterrânea, um salão em área externa e um salão privativo além do salão principal. O Estación Sur Morumbi comporta 90 lugares e também fomentará mensalmente seus já consagrados jantares-gourmets.